O Feng Shui da Alma


Imagem: Internet

O Feng Shui da Alma se baseia em um completo estudo dos espaços e de como esses espaços podem nos afetar. Enquanto a maior parte das escolas de Feng Shui trazem suas raízes da antiga China, o Feng Shui da Alma parte dos conhecimentos de uma das mais antigas culturas: O Xamanismo Norte Americano. Através dos ensinamentos da grande mestra Xamã Denise Linn, escritora dos livros “Feng Shui para Alma” e “Espaço Sagrado”, é possível entender que o estudo de um ambiente vai muito além do correto posicionamento do Ch’i e da correção de suas estruturas.


Suas bases se fundamentam nos estudos de todos os elementos que afetam diretamente nosso inconsciente gerando debilidades em nossa energia e na energia de tudo o que nos cerca. Aos seus conceitos, são acrescidas as práticas mágicas e espirituais, além de técnicas que incluem a observação do aspecto psicológico do ser humano e de seu subconsciente, criando uma grande evolução em nossas vidas por meio do desenvolvimento do valor e da autoestima.


O Feng Shui da Alma não considera somente as cores, as formas, os estilos de nossas casas e a influência dos elementos ocidentais, mas também nossa relação psicológica com nosso meio ambiente, sendo baseado no modo ocidental de equilibrar os espaços e de elevar nosso espiritual


Os métodos empregados são apoiados pelos conceitos da física quântica e da metafísica aplicados a casa, o que nos possibilita conhecer também as particularidades de cada espaço e de cada pessoa que o integra, nossos verdadeiros sonhos, ideais e metas. Seus conceitos desvendam a real personalidade criada em cada ambiente, revelando que cada casa possui uma "alma", ou seja, uma energia única, resultado de união de seus habitantes e de todas as emanações energéticas vivenciadas ali. É como se o espaço exercesse uma grande propaganda subliminar em nossa mente, afetando nosso modo de ser e de nos relacionarmos com nosso próprio meio de vida.


Como toda base para o Feng Shui é realizada partindo de um princípio espiritual, o Feng Shui da Alma se apoia nas curas espirituais realizadas pelo Xamanismo para criar espaços saudáveis e harmoniosos, além da evolução dos quatro elementos de poder que compõem todos os espaços como o ar, o fogo, a terra e a água. Aplicam-se as bênçãos para a criação de um solo sagrado; o uso das mais adequadas plantas, essências e ervas na casa; a observação e a influência das imagens, estampas, símbolos e cores que incorporam os ambientes, entende o histórico da construção e suas influências; o elemento que as governa, além da personalidade e da energia pessoal que envolve cada um dentro dos espaços.


Luiz Netto - Fundador do Feng Shui da Alma

As técnicas empregadas ainda contam com o auxílio de uma das mais importantes escolas de Feng Shui, a Escola do Chapéu Preto, que tem como princípio a aplicação de um mapa divisor de áreas conhecido como “Ba Guá”. Esse método é capaz de identificar onde estão posicionados os nove aspectos de nossa vida entre eles carreira, espiritualidade, família, prosperidade, fama, casamento, criatividade, amigos e saúde e os ciclos construtivos e destrutivos dos cinco elementos utilizados pela Medicina Tradicional Chinesa.


A união do Feng Shui da Alma com os princípios utilizados pela Escola do Chapéu Preto torna a casa um grande imã atrativo para que as boas vibrações presentes no universo possam integrar nossa casa e nos beneficiar a adquirirmos harmonia, bem-estar e a verdadeira prosperidade em nossas vidas.